Madeira Plástica

A madeira plástica, também conhecida como madeira ecológica, surgiu na década de 70, na Europa, e ultimamente vem ganhando espaço no mercado nacional. É um produto que possui a aparência da madeira natural, porém sua principal matéria prima é o polietileno reciclado e a serragem. Mostra-se uma solução viável economicamente, competitiva e com muitas vantagens em relação a madeira convencional. Além disso, é classificada como uma tecnologia ambientalmente saudável pois, além de sua origem estar aliada ao alto volume de polímeros recicláveis existentes, há o reaproveitamento da água utilizada em seu processo, bem como a geração de menos poluentes. O processo de fabricação da madeira plástica começa pela coleta e separação da matéria prima. Então o material é moído e lavado, para ser levado para a extrusora, onde é fundido e homogeneizado, e por fim é resfriado e moldado. As normas técnicas relacionadas e que podem auxiliar neste processo são a NBR 7190 e NBR 13230. Sua utilização dá-se de diversas formas, podendo ser empregada em decks, fachadas, bancos, lixeiras, cercas, playgrounds, dormentes de trilhos de trem, dentre outros. Além disso, sua tecnologia proporciona muitas vantagens em relação a madeira como: resistência a umidade, resistência mecânica, imunidade a pragas, resistência a intempéries, dispensa aplicação de verniz, permite ser cortada ou parafusada e não produz farpas.   Apesar do preço da madeira plástica atualmente ser 30% mais caro que o da madeira tradicional, sua durabilidade e resistência tornam esse produto um excelente investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *